Letras Elétricas
Textões e ficções sem compromisso
by J. G. Gouvêa Atualizado em 31 de julho de 2021

Apenas Teimo Ser Poeta

Publicado em: 25/08/2009
Meu problema é essa teima de poeta,
de ser humano, de ter desejos
que não cabem nos limites de beijos
porque não beijas a inquietude que eu quero.

E eu preciso interromper esta agonia
de nada acalentar quando sonho.
Sonho sim, e não me obedeço
porque quero sonhar voos que não devo
e é a tua mão que me amarra com amor
e com afeto,
com açúcar e veneno.

Menti que a amava, agora peno
consequências de um mal que planejei:
a felicidade quieta de um burguês cinzento
numa cidadezinha de papel.
Arquivado em: poesia
Assuntos: escrever sonhos