Letras Elétricas
Textões e ficções sem compromisso
by J. G. Gouvêa Atualizado em 24 de junho de 2021

Pessoas Admiráveis

Publicado em: 06/09/2007

Texto originalmente publicado na comunidade “Igreja Orkutista da Salvação”.

Pessoas admiráveis nem sempre voltam para casa pelo caminho mais curto, lembram com saudade terem bebido vinho ao lado de seu amor em um lugar tranquilo e ainda cultivam a caligrafia arredondada, arrematando as maiúsculas com carinho.

Às vezes, são capazes de sair dirigindo sem destino, pelo prazer da estrada, porque sabem que o mais importante não é chegar, mas ter feito a boa viagem.

Detestam filmes violentos porque se solidarizam com as vítimas da violência, mesmo imaginária. Abominam o que é apelativo e não seguem gosto alheio.

Pessoas admiráveis costumam ter lugares especiais para passar momentos silenciosos e não fazem questão de estar sempre ali acompanhadas. Pessoas admiráveis não se incomodam de usar óculos para não terem que ter tantos excessivos cuidados, não fazem questão de vestir-se sempre bem, mas acham um jeito de parecerem elegantes em sua simplicidade. Pessoas admiráveis encontram lugares admiráveis para levar aqueles a quem admiram — lugares onde não é preciso manter um código estrito de aparências — e costumam ter amizades sólidas, que não evaporam com o tempo e nem quebram com pequenos golpes.

As pessoas admiráveis entendem que estão no mundo apenas, sabem que não o têm. Esse tipo de gente não vê o beijo como um acidente e nem como um pedágio no caminho, costumam gostar absurdamente de carinho, mas gostam de dá-lo e recebê-lo em doses seguras porque sabem que doçura em demasia faz amizades inchadas.

Você sabe que encontrou uma pessoa admirável quando conta uma aventura simples e vê brilhar nos seus olhos o entendimento de porque você se lembra de algo tão banal.

Essas pessoas, felizmente, não são duendes ou anjos — que muitos sonham, mas não existem. Não são heróis — que toda a gente vê e admira, mas no fundo inveja e detesta. Essa gente existe na dose certa para que o mundo ainda resista.

Pessoas admiráveis são aquelas que sempre fazem o que dizem, mas não costumam dizer tudo que fazem. Que somente dizem coisas em que creiam — e mesmo assim, dizem pouco porque só creem no que vale a pena.

Pessoas admiráveis não copiarão este texto para mandar por e-mail a trezentos desconhecidos. Em vez disso vão entender que são especiais e vão cumprir o seu papel no mundo — que é o de fazer coisas admiráveis.

Arquivado em: cronicas
Assuntos: auto-ajuda monologo