Letras Elétricas
Textões e ficções sem compromisso
by J. G. Gouvêa Atualizado em 24 de junho de 2021

Réquiem para Projetos Esquecidos

Publicado em: 11/10/2010
Roubaram mais um mito
e Lázaro descansa em paz.
Não foi Jesus que veio
— foi Francisco
e sua proposta de aceitar.

Escorreu a ilusão final,
depredaram uma verdade aqui.
O veículo da vida estacionou
na paz da estante, a quietude
dos campos inférteis.

Estante, a entressafra.
Estante onde afunda, inerte,
a vida de mil homens e seus mitos.
Arquivado em: poesia
Assuntos: ceticismo niilismo