Letras Elétricas
Textões e ficções sem compromisso
by J. G. Gouvêa Atualizado em 31 de julho de 2021

Amor de Lua

Publicado em: 15/03/2017

A pedido de uma amiga virtual, voltei a ser letrista. Ela me passou algumas ideias e eu transformei sua história de amor em um poema pronto a ser musicado.

Você me pede uma coisa e outra
e quer para já.
Garota esperta, espero neutra,
e você não vem cá.
Você é de lua, eu sou devagar.
Você sempre muda, eu muro um lugar.
Não se decida, não quero ainda
hoje é dançar.
Ainda é tão cedo, eu tenho medo
na hora H.
Você é de lua, eu sou devagar.
Você sempre muda, eu muro um lugar.
Era mais fácil ser sua Helô
se você fosse o meu Edu.
Vem cá para perto, garoto esperto,
você e eu vamos ser um.
Você é de lua, eu sou devagar.
Você sempre muda, eu muro um lugar.
Quero a gente crescente e em frente,
Enche minha alma de amor toda vez.
Daqui em diante, nunca minguante,
Para não ter de ser nova chance.
Você é de lua, eu sou devagar.
Você sempre muda, eu muro um lugar.
Arquivado em: poesia
Assuntos: colaboracoes musica